Anos 80

Anos 80

A década de 1980, embora chamada de “década perdida” pelos economistas latino-americanos, inclusive pelos brasileiros , por causa da estagnação econômica e da inflaçãodescontrolada, não foi, de forma alguma, um período de retrocesso em outros campos. Pode não ter tido o charme dos anos 1950, com a bossa nova, que fez a cabeça do Primeiro Mundo, ou a intensidade dos anos 1960, com a música e o teatro de protesto e com o irreverente movimento tropicalista.

Musicalmente, é a década da consolidação de diversos cantores e bandas nacionais: RPMUltraje a RigorTitãsLegião Urbana14 BisBarão VermelhoKid AbelhaIra!Capital InicialParalamas do SucessoBlitzLulu Santos, entre outros.

Na TV faziam sucesso o seriado mexicano Chaves, o humorístico TV Pirata e o infantil Balão Mágico. As crianças e os adolescentes brincavam com o videogame Atari e o jogo Genius. Em 1986, estreou na TV Globo o Xou da Xuxa, considerado um marco revolucionário na história da televisão brasileira. Dividido em diversos blocos, com desenhos, musicais, apresentações de dança e teatro, brincadeiras, jogos e premiações; além de quadros como Madame Caxuxá e Vovuxa. Também distribuía muitos presentes e recebia centenas de cartas diariamente. O último Xou da Xuxa foi ao ar em 31 de dezembro de 1992 e no total foram exibidos 2 mil programas.

Aconteceu também o Rock in Rio (1985). É inaugurado o Sambódromo da cidade do Rio de Janeiro, em 1984. Consolidavam-se o estilo musical da MPB, ou Música Popular Brasileira (surgido na segunda metade da década de 1960), e as bandas de música pop e de rock and roll. A MPB consagrou a posição de destaque das vozes femininas na música brasileira;entre os fenômenos individuais destacam-se: Simone, que foi a maior vendedora de discos de toda a década,Marina LimaElba RamalhoMaria BethâniaZizi PossiFafá de BelémElis ReginaGal CostaRita Lee e Joanna. Alguns dos principais destaques masculinos foram os compositores-cantores Caetano VelosoChico BuarqueMilton NascimentoTom JobimGuilherme ArantesFlávio VenturiniIvan Lins e Gilberto Gil e Tim Maia.

Estilos

Moda

  • Durante o início dos anos 80, viu-se uma continuação dos estilos de roupas do final dos anos 70, e só evoluiu para algo mais exagerado e futurístico durante os anos seguintes.
  • A década ficou caracterizada pelo uso de roupas exageradas e muito coloridas, blusas largas, a predominância da cor néoncabelos super volumosos ou com cortes em estilo mulletjeans rasgados ou lavados com ácido, calças de cintura alta justíssimas ou semi-baggys e as famosas ombreiras.
  • A cor preta tornou-se cada vez mais popular nas vestimentas.
  • No público feminino as tendências eram usar e abusar das ombreiras e dos babados e acessórios (brincos e pulseiras), conjuntos jeans (com jaquetas e calças de mesma lavagem), top cropped e minissaias e leggings das mais diversas cores e cabelos com bastante permanente. A maquiagem pesada era fundamental, se destacando pelo uso excessivo de blush(chamado de rouge na época). Entre outras necessariedades encontravam-se as sapatilhas de plástico, polainasbotas e sapatos de bico e saltos finos fizeram parte do cenário estilístico do início ao fim da década.
  • Já para os homens, eram leis enormes jaquetas (jeans ou de couro), os famosos shortinhos curtos, jeans de cintura alta e também blazers com ombreiras. Óculos escuros com armações quadradas eram os mais cobiçados. Tênis esportivos, mocassins e all-stars eram essenciais dentre calçados masculinos.